Shein lança no Brasil projeto que paga R$ 25 mil a quem desenhar coleção de moda; entenda

19 de janeiro de 2024

A Shein lançará a versão brasileira do Shein X, seu programa de incubação de talentos da moda destinado a profissionais que trabalham com estampas, designers de roupas e acessórios.

O programa não exige formação específica em moda, sendo aberto a brasileiros interessados. Os candidatos podem se inscrever enviando uma ficha de inscrição e um portfólio detalhado ou obras de arte, tudo no formato digital, por meio da plataforma da Shein.

O Shein X, lançado nos Estados Unidos em 2021, já está presente em mais de 20 países, resultando no desenvolvimento de 41 mil produtos por 4.600 participantes até o momento.

Os selecionados recebem um prêmio de 25 mil reais, além de um percentual não revelado sobre as vendas de seus produtos, que são exibidos em suas páginas pessoais no site da Shein. A empresa já pagou mais de US$ 5 milhões (R$ 24,3 milhões) em comissões aos participantes. A propriedade intelectual das peças é da Shein, sem contrato de exclusividade com os participantes.

Os designers e artistas envolvidos são considerados colaboradores freelancers, sem a possibilidade de contratação fixa pela plataforma. Os produtos desenvolvidos digitalmente são fabricados na China pela Shein, cuja sede está em Singapura, e que possui um valor de mercado estimado em US$ 100 bilhões (R$ 485,4 bilhões).

O Poti

Well Lab
Currais Novos