Flic 2023 consolida Currais Novos como point da literatura do RN

18 de novembro de 2023

A terceira edição do Festival de Literatura de Currais Novos (Flic) consolidou Currais Novos como um dos pontos de encontro da literatura do Seridó e do Rio Grande do Norte. Com uma série de atividades, como rodas de conversa, encontros musicais, debates e feira de livros, o Flic movimentou centenas de pessoas na cidade, incluindo escolas, grupos culturais e espaços numa semana com programação gratuita todos os dias.

Para o coordenador do evento, Mattson Ranier, a terceira edição Flic 2023 reforçou ainda mais o cenário cultural curraisnovense e se consolidou como um espaço no calendário de atividades literárias do Rio Grande do Norte.

“A maturidade que o FLIC atingiu em 2023 será crucial para construirmos um festival ainda maior em 2024, com mais força e com um legado ainda mais importante para a literatura do Seridó e do Rio Grande do Norte””, disse.

Mesmo pensamento tem o também coordenador João Gustavo Guimarães. Para o produtor, a vasta programação cultural, com atividades para vários públicos de gostos e idades diferentes foi um diferencial para que o evento atingisse seu objetivo.

“O FLIC 2023, confirmou a sua consolidação como evento Cultural e literário, através da sua diversidade, pluralidade e maturidade. A maior festa de confraternização da cultura e literatura potiguar”, afirmou.

O Festival Literário de Currais Novos tratou ainda de promover homenagens a grandes ícones e nomes da literatura e cultura norteriograndense, como a escritora paraibana radicada no RN Zila Mamede (1928-1985), que leva o nome da principal biblioteca do Estado; e ao artista plástico e educador João Antônio (1973-2022), autor de inúmeros quadros, peças plásticas e idealizador do Espaço Avoante, que recebe diversas atividades artísticas da cidade e de grupos da região até os dias atuais.

Natal Ótica
RN Currais Novos