Estudante do RN lamenta “mudança” em resultado do Sisu: “Sonhei com minha aprovação a toa”

31 de janeiro de 2024
Após divulgado o resultado desta terça, a estudante Clara Letícia chegou a comemorar sua aprovação em direito, o que não se sustentou após a consolidação do SISU (Reprodução/Redes Sociais)

Com um dia de atraso e após problemas técnicos, o Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta quarta-feira (31), o resultado dos selecionados no processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2024. Esta será a única edição do programa neste ano.

Um resultado chegou a ser divulgado na manhã desta terça-feira (30), e muitos foram os estudantes que foram “aprovados” em um primeiro momento mas que, posteriormente, descobriram que não obtiveram a nota necessária para ingressar no ensino superior em sua primeira opção.

Foi o caso da estudante Clara Letícia, de Natal. Nas redes sociais, ela relatou sua situação e como teve seu sonho de cursar direito na UFRN frustrado após o resultado oficial.

No site do Sisu, a estudante estava como “aprovada” na manhã desta terça-feira (30) e, após o resultado oficial, sua segunda opção de curso (Relações Internacionais da UFRN), foi ativada após ela ter ficado de fora das seis vagas para estudantes que, independente da renda, cursaram o ensino médio em escola pública.

“Perdi minha vaga em direito na federal (UFRN). Obrigada por ser um l*xo SISU, obrigada pelo sonho estragado! Sonhei com minha aprovação a toa”, explicou.

Natal Ótica
Currais Novos